sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Proteste contra apoio à touradas na Graciosa


Feira Taurina uma desgraça para a Graciosa e uma vergonha para os Açores

Envie um e-mail de protesto com o texto abaixo ou outro para:

geral@cm-graciosa.pt, amscg@cm-graciosa.pt , presidencia@azores.gov.pt , srec.gabinete@azores.gov.pt , sram-sasm@azores.gov.pt , info.dram@azores.gov.pt

MENSAGEM SUGERIDA

Com uma área aproximada 60,66 km² e 4 391 habitantes (2011) quando um século antes eram 7603, a ilha Graciosa está mergulhada numa crise que lentamente vai levando ao seu abandono por parte de muitos dos seus habitantes.

Na nossa ilha a aposta na diferenciação cultural foi posta de lado pelos autarcas que apoiam a oferta, a quem visita e aos locais, de touradas “importadas” da ilha Terceira.

Este ano uma vez mais nas Festas do Santo Cristo vai haver uma Feira Taurina que tal como em anos anteriores vai ser suportada com dinheiro dos contribuintes oferecido pela Câmara Municipal de Santa Cruz.

A Câmara Municipal de Santa Cruz é o principal suporte da indústria da tortura de animais, a tauromaquia, quer através das verbas que transfere para a PRODIB, quer através da publicidade que faz ao evento na revista da SATA “My Plan”.

É muito triste a mensagem que alguns Graciosenses deixam ao mundo. Em vez de divulgarem o seu património natural e cultural, como fazem as outras autarquias, fomentam o pior que há nesta ilha, a tortura e a insensibilidade e a falta de compaixão para com o sofrimento de seres vivos que partilham a Terra connosco.

Cumprimentos




sábado, 29 de julho de 2017

sexta-feira, 28 de julho de 2017

quinta-feira, 27 de julho de 2017

quarta-feira, 26 de julho de 2017

terça-feira, 25 de julho de 2017

Festas da Praia sangrentas


120 mil euros para touradas sangrentas
Praia da Vitória, ilha Terceira, Açores


Por favor, manifeste a sua indignação enviando o texto abaixo ou outro original para os seguintes endereços:

presidencia@azores.gov.pt , srec.gabinete@azores.gov.pt , sram-sasm@azores.gov.pt , info.dram@azores.gov.pt , geral@cmpv.pt , amiguel@alra.pt; aluis@alra.pt; abradford@alra.pt;arodrigues@alra.pt; aalmeida@alra.pt;amarinho@alra.pt; apedroso@alra.pt; aviveiros@alra.pt; alima@alra.pt; snicolau@alra.pt; bbelo@alra.pt; cferreira@alra.pt; casilva@alra.pt; ccabeceiras@alra.pt; cgfurtado@alra.pt; ctoste@alra.pt; maia@alra.pt; dcunha@alra.pt;dfreitas@alra.pt; fcesar@alra.pt; fcoelho@alra.pt; gracasilva@alra.pt; gsilveira@alra.pt; inunes@alra.pt; vieira@alra.pt; javila@alra.pt; jcorvelo@alra.pt; jbcosta@alra.pt; jvcosta@alra.pt; jjorge@alra.pt; jmgavila@alra.pt; jcontente@alra.pt; jsan-bento@alra.pt; lrodrigues@alra.pt; lcgarcia@alra.pt;lmauricio@alra.pt; endeiro@alra.pt; mpereira@alra.pt; mramos@alra.pt; macosta@alra.pt; mferreira@alra.pt; mquinto@alra.pt; mcarreiro@alra.pt; mtome@alra.pt; micosta@alra.pt; rocha@alra.pt; mseidi@alra.pt; pestevao@alra.pt; pmendes@alra.pt; pparece@alra.pt; pmoura@alra.pt; cbotelho@alra.pt; ramalho@alra.pt;rmonteiro@alra.pt; snicolau@alra.pt; smcosta@alra.pt; zsoares@alra.pt, matp@gmail.com,

---------------------------------

Exmo Senhor
Presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória
C/C Presidente do Governo Regional dos Açores, Presidente da Assembleia Legislativa Regional dos Açores, Deputados da ALRA

Para não fugir à regra, este ano as Festas da Praia que se realizam de 4 a 13 de Agosto vão ser manchadas pela prática sangrenta de touradas de praça e pelas caducas touradas à corda.

De acordo com uma fonte da Câmara Municipal da Praia da Vitória as duas touradas de praça custarão 120 mil euros que se financiam com a venda dos ingressos.

Ou estamos perante um embuste já que na vizinha cidade de Angra do Heroísmo tal não acontece ou estamos perante uma sociedade moralmente doente que paga para se divertir, assistindo à tortura de animais.

Se a segunda hipótese é a verdadeira, significa que a sociedade terceirense está em profunda crise de valores mas sem dificuldades económicas pelo que não faz qualquer sentido os choradinhos e os programas de apoio à ilha Terceira que supostamente passa por dificuldades resultantes da diminuição dos efetivos americanos na Base das Lajes.

Face ao exposto, vimos manifestar o nosso profundo protesto pelo fomento da tauromaquia por parte da Vossa autarquia que assim mancha um programa que sem sangue seria mais atrativo pra quem pretende visitar a ilha.

Cumprimentos





Acabemos com as touradas à corda - 1



Cada ano morre em média uma pessoa e 300 ficam feridas
nas touradas à corda na ilha Terceira.